Fazer boas escolhas alimentares, passa por aprender a interpretar os rótulos das embalagens como deve ser:

⚠️ Priorize a consulta dos ingredientes, em vez do número de calorias (Kcal) e das gramas de proteína/gordura ou até hidratos de carbono … Dê importância ao que realmente interessa !
Hoje a nossa nutricionista deixa-lhe alguns conselhos:

✔️Quando pegar num produto verifique sempre a data de validade.
✔️Opte por alimentos com prazos de validade curtos e não aquele produtos que tem um prazo muito alargado (meses ou até 1 ano).
✔️Moderação no consumo daqueles produtos cujo os ingredientes aparecem com nomenclaturas estranhas: normalmente são aditivos (corantes, conservantes, espessantes, estabilizantes,…), logo à partida são produtos processados.
✔️MUITA atenção ao açúcar escondido e que facilmente passa inofensivo, nunca é demais alertar para o excesso de açúcar. Fique atento a estes nomes: xarope de malte, sacarose, frutose, glicose, açúcar invertido, maltose, xarope de …, dextrose, maltodextrina,…
✔️Os ingredientes estão por ordem decrescente e o primeiro ingrediente é sempre o que está em maior quantidade. Os produtos que apresentem farinhas refinadas, açúcares ou nomes que não conheça, entre os três primeiros ingredientes são para EVITAR, quer dizer que produto deverá ser maioritariamente processado.
✔️É importante preferir os produtos que tem menos ingredientes e aditivos. Por exemplo: a escolha de um pão, deve sempre passar pelo que realmente utilizam poucos ingredientes.

A leitura correta dos rótulos é FUNDAMENTAL para uma escolha alimentar consciente.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here